Carraças e os seus riscos no outono 

 

Com a chegada do outono, os veterinários dispõem de tratamentos para evitar algumas espécies de carraças que se encontram nas folhas caídas nos jardins, prados e bosques que os cães gostam de explorar.

A Bayer, em comunicado, explica que estes parasitas podem transportar agentes patogénicos potencialmente perigosos que podem ser transmitidos ao cão através da picada. Uma picada de uma carraça pode levar a uma doença fatal como erliquiose, borreliose, babesiose ou anaplasmose (conhecidas como a febre da carraça).

Estas doenças podem ser evitadas usando produtos que eliminem as carraças antes de se fixarem no animal. Os veterinários têm tratamentos que são aplicados no dorso do cão e são usados mensalmente (produtos spot-on) ou coleiras que normalmente têm uma ação prolongada.

Cláudio Mendão, business unit manager da linha Animais de Companhia da Bayer Saúde Animal, realça que “é importante certificar-se de que o produto não mata apenas a carraça, mas também a repele, ou impede que esta chegue a ingerir sangue” e acrescenta: “só desta forma é que o risco de transmissão do agente patogénico e da doença resultante é minimizado”.

A EQUIPA
ONDE ESTAMOS
Pcta da Rua da República, 7A
Alagoas,Esgueira
3810-495

centrovetaveiro@gmail.com
FB:centroveterinario.deaveiro
Instagram: Cva Aveiro (@centro_veterinario_de_aveiro)
Tel: 234 314 080
Urgências: 969 571 573
  • download (1)
  • Facebook Social Icon
  • tbird
  • Google+ Social Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now